domingo, 31 de agosto de 2014

Câncer de Pênis: Que Papo é Esse? [DIVULGUE]

Câncer de Pênis causa Mil Amputações Por Ano

Cerca de mil homens por ano sofrem amputação do pênis em decorrência do câncer da glande, um número assustador em virtude dos danos, principalmente, psicológicos causados. Por isso o BP pergunta: Vamos Falar de Coisa Séria?




Hoje, nosso papo não é sobre moda, ou grife. Hoje, vamos falar de saúde, portanto, PRESTE MUITA ATENÇÃO , porque este é um bem que não tem preço né meninos.




É comum, embora não devesse ser, que a preocupação dos homens com a saúde é bem inferior a preocupação das mulheres com o mesmo assunto. Os homens são menos frequentes nos consultórios médicos e esta ausência muitas vezes pode atrasar algum diagnótico que precocemente poderia ter evitado sérios problemas.

O câncer do pênis (CP), também conhecido com câncer da glande, é um destes problemas que já é uma realidade do mundo masculino, mas que é extremamente desconsiderado. Muitos homens, inclusive nunca ouviram falar que ele existe, e isso, é de se preocupar. Afinal ele pode causar, inclusive a amputação do orgão sexual masculino.

O câncer de pênis é um problema de saúde pública e tem maior númedo de diagnóstico em países em situação de desenvolvimento, como no caso do Brasil, que registra cerca de mil amputações do orgão anualmente, de acordo com os dados apresentados pela SBU (Sociedade Brasileira de Urologia) e ainda segundo a Sociedade este tipo de câncer que representa 2% das doenças que acometem os homens é mais comum nas regiões Norte e Nordeste e tem como maior influência a má higienização , bem como a não circuncisão (remoção do prepúcio, pele que reveste a glande).

O presidente da SBU, Aguinaldo Nardi, alerta: "O câncer de pênis é um dos poucos que se é possível prevenir. Basta lavar o pênis com água e sabão, puxando o prepúcio – a pele que encobre a glande – principalmente após relações sexuais ou masturbação, usar preservativo nas relações sexuais e fazer a cirurgia em caso de fimose ou exuberância de prepúcio na puberdade".

PREVENÇÃO

  • Lavar o pênis diariamente com água e sabão, principalmente após relações sexuais ou masturbação.
  • Ensinar ao menino, desde cedo, como fazer a higiene do pênis. É preciso puxar a pele e limpar.
  • Realizar autoexame mensalmente. Puxe a pele e verifique se há alguma lesão na região.
  • Usar preservativo nas relações sexuais.
  • Ao notar qualquer alteração no pênis, visite o urologista.

SINTOMAS

  • Aparecimento de ferida avermelhada que não cicatriza, que pode sangrar ou um pequeno nódulo no corpo do pênis, na glande, ou no prepúcio. 
  • Aparecimento de manchas esbranquiçadas ou perda de coloração natural na glande;
  • Presença de esmegma com cheiro forte; 
  • Ínguas na virilha;
  • Crescimento de verrugas no caso do câncer de pênis verrucoso.
  • No início do câncer de pênis geralmente a ferida da glande não causa dor, diferente de algumas doenças sexualmente transmissíveis como a herpes, sífilis e a gonorreia.

DIAGNÓSTICO

O paciente apresenta inicialmente lesão vegetante ou úlcero-vegetante, que acomete inicialmente a glande (80%), prepúcio (15%) ou sulco coronal (5%). Quando diagnosticado em estágio inicial, o câncer de pênis apresenta elevada taxa de cura. No entanto, de acordo com o INCA, mais da metade dos pacientes demoram até um ano após as primeiras lesões aparecem para procurar o médico.

Médicos vão examinar o seu pênis, testículos, virilha e abdômen. Se eles vêem nada de anormal eles vão ter uma amostra de tecido chamado de biópsia. Deste biópsia que irá determinar se você tem ou não câncer de pênis.


TRATAMENTO

O tratamento para câncer de pênis é feito de acordo com a evolução do tumor e as opções de tratamento mais utilizadas podem ser:

  • Crioterapia;
  • Creme a base de 5-fluoracil;
  • Laser;
  • Quimioterapia;
  • Radioterapia; 
  • Braquiterapia;
  • Cirurgia para retirada da lesão;
  • Cirurgia de retirada de linfonodos;
  • Cirurgia de amputação parcial ou total do pênis.

O câncer de pênis é mais comum em homens entre 40 e 50 anos, mas a prevenção é sempre, digo SEMPRE, o melhore remédio, portanto divulgue, compartilhe nas redes sociais e até mesmo comente este post, se você tem algum dado a acrescentar ou alguma dúvida para que possamos futuramente trazer mais informações sobre o tema

E tenha uma BOA SAÚDE.


*Os dados e informações deste post foram acessados dos sites da SBU  e da TUA SAÚDE


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem Comanda?

Minha foto

Mineiro de naturalidade e orgulho, seguiu a comunicação por vocação.Bem humorado, ama cães, coca-cola e o Rio de Janeiro (cidade maravilhosa).

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *